Influencer de Marketing

Público-Alvo, Exemplo de públicos para vários sectores

O público-alvo é um grupo de pessoas que representam um perfil semelhante aos quais uma marca ou empresa direcciona a sua comunicação para obter os melhores resultados de estratégias marketing e taxas de conversão.


Fonte da imagem: Rockcontent

No fundo, é um grupo de pessoas que vive num determinado local, tem uma determinada faixa etária, género, grau de escolaridade, interesses e etc. Portanto, são os potenciais consumidores de uma determinada marca.

Com a definição do público-alvo, é possível criar estratégias de marketing direcionadas e eficazes ao público em questão.

As empresas podem ter diversos tipos de público-alvo. Caracterizá-los de forma eficiente é fundamental para o sucesso da estratégia de marketing.

Público-alvo x persona

Os dois conceitos têm o mesmo objetivo: caracterizar quem são os potenciais clientes daquela empresa.

A ideia de público-alvo, porém, é mais abrangente: é um grupo de pessoas a quem determinada empresa quer vender. Já a persona seria a personificação de um cliente ideal.

Como definir o público-alvo

Para definir esse grupo, é preciso levar em conta algumas características daquele público potencial que se quer atingir, como por exemplo:

  • Gênero
  • Idade / Faixa etária
  • Nível de escolaridade
  • Rendimento médio
  • Classe social
  • Localização geográfica
  • Hábitos de consumo (prefere preço ou qualidade? Gostam de promoções? Utilizam canais online ou offline?)

A definição da persona vai partir da caracterização já feita e levar em conta elementos mais pessoais. Para uma persona, atribui-se nome, idade, profissão e características de personalidade, como hobbies, valores, estado civil, número de filhos, estilo de vida, interesses, etc.

Exemplos de público-alvo

Por exemplo, se sua empresa é uma agência de viagens que vende pacotes low-cost online, seu público provavelmente irá ser jovens, entre 20 e 30 anos, com nível de renda médio e que gostam de promoções na internet. 

Ainda no segmento de viagens, se sua empresa é uma gestora de salas VIP de aeroportos, seu público será completamente diferente: pessoas na faixa dos 35 aos 60 anos, que gostam de viajar com conforto e têm alto poder aquisitivo.

Já para uma floricultura, por exemplo, o público é mais amplo. Nesse caso, a gama de produtos vai determinar quem vai fazer parte deste grupo. Caso a floricultura venda vasos de flores e buquês, o público será mais formado por pessoas que querem presentear entes queridos, como casais e famílias.

Se são vendidas plantas ornamentais que estão na moda (como a costela de adão), o público-alvo pode ser pessoas jovens, antenadas e de renda média a elevada. No caso de a loja focar em sementes para plantio, o público-alvo pode ser pessoas que têm quintais ou agricultores. Todos estes públicos, no entanto, têm algo em comum: são pessoas que gostam da natureza.

Quando pensar em quem é seu público-alvo, portanto, é preciso combinar as características do produto ou serviço com as características de quem estaria disposto a consumir aquele produto ou serviço.

Dá-nos a oportunidade de trabalhar juntos?

Dê-nos alguns detalhes e obtenha uma proposta gratuita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *